PGR quer que PF aprofunde investigações contra Monark

foto: Reprodução

A manifestação do procurador-geral da República destacou que Monark tem desobedecido, de modo reiterado, decisão judicial

O chefe do Ministério Público defende uma investigação mais aprofundada por parte da Polícia Federal sobre um influenciador digital conhecido. Ele tem, repetidamente, desrespeitado uma ordem judicial que o proíbe de disseminar informações falsas online.

O representante do Ministério Público ressalta a necessidade de diligências adicionais para completar a investigação criminal e formar uma opinião legal definitiva.

De acordo com o Ministério Público, o influenciador tem encontrado maneiras de contornar a proibição imposta por um juiz do Supremo Tribunal, continuando a produzir e compartilhar conteúdo restrito nas redes sociais.

Apesar das ordens judiciais, foi observado que o influenciador persiste na divulgação de mensagens contra a democracia em várias plataformas de mídia social.

O caso é ilustrado com exemplos de postagens feitas em uma rede social, onde o influenciador sugere a prisão de um juiz do Supremo Tribunal, alegando violação da Constituição.

O Ministério Público solicita que os documentos sejam devolvidos à Polícia Federal para a coleta e preservação de evidências digitais, seguindo procedimentos que garantam sua integridade e rastreabilidade.

O bloqueio das contas do influenciador ocorreu em um momento de tensão, quando um juiz do Supremo Tribunal ordenou que plataformas como Facebook e Twitter suspendessem contas associadas ao influenciador, que estavam promovendo e divulgando atividades ilegais.

Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA