Cotado para o STF é homenageado em jantar com Dirceu, MST e políticos do PT

Foto: Rafael Stedile.

O advogado-geral da União, Jorge Messias, foi homenageado em um jantar organizado por advogados e entidades na 6ª feira (15.set), em uma área do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), em frente ao Armazém do Campo, em São Paulo. Trata-se de um estabelecimento que vende produtos orgânicos produzidos pelo movimento.

Messias é um dos cotados para ocupar a vaga da presidente do STF, Rosa Weber. Ela completa 75 anos em 2 de outubro de 2023, mas vai se aposentar um pouco antes disso, no final de setembro. Também são considerados: o ministro da Justiça, Flávio Dino, e o presidente do TCU, Bruno Dantas.

O jantar durou cerca de 4h e começou por volta das 20h. Teve a presença de diversas autoridades e nomes ligados ao PT, como o ministro Fernando Haddad (Fazenda), o economista Gabriel Galípolo (Banco Central), José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil), o ministro Vinicius Marques de Carvalho (CGU) e o deputado Alencar Santana (PT-SP).

O evento foi organizado para homenagear o advogado Celso Antônio Bandeira de Mello. No entanto, o Poder360 apurou que Messias foi o protagonista. O nome do AGU para a vaga de Rosa Weber foi bastante defendido pelas pessoas presentes.

O Grupo Prerrogativas, formado principalmente por advogados, mas que também conta com artistas e professores, foi um dos organizadores do jantar. O coordenador do grupo, Marco Aurélio de Carvalho, disse ao Poder360 que a iniciativa foi um evento muito importante, com representantes de diversos setores e movimentos sociais.

“Messias tem sido vítima da boa avaliação da gestão dele. Mas ele foi homenageado pelo sindicato dos advogados de São Paulo, por todo o esforço dele na proteção dos segmentos mais vulneráveis da advocacia, e também pela frente evangélica, por uma líder negra presente”, disse Marco Aurélio.

Messias e outros presentes visitaram uma cozinha popular inaugurada no galpão do MST, que foi financiada pelo Grupo Prerrogativas com o apoio de Luiza Helena Trajano. Segundo os organizadores, o espaço foi pensado para produzir mais de 3.000 refeições diárias. 

VAGA NO SUPREMO 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não deve nomear seu indicado antes da posse do novo presidente do STF, Roberto Barroso, em 28 de setembro. Dois critérios principais são considerados pelo petista:

  • geografia – deve ser do Nordeste (é o caso de Messias, Dino e Dantas);
  • intimidade – quer nomear uma pessoa com quem tenha algum grau de proximidade, como foi o caso de Cristiano Zanin.

Dos 3 cotados, Dino é o que desfruta de maior intimidade com o presidente neste momento. Não há mulheres na lista preliminar. O PT, a esquerda e a primeira-dama Janja Lula da Silva pressionam para que Lula indique uma mulher para o lugar de Weber.

Fonte: Poder 360.



Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA