Pai de Mauro Cid buscou general para negar citação em delação

Foto: O general da reserva do Exército Mauro Cesar Lourena Cid, pai do ex-ajudante de ordens Mauro Cesar Barbosa Cid (Roberto Oliveira/Alesp/Divulgação)

Em meio a uma série de especulações sobre os possíveis nomes que devem ser arrastados pelo tenente-coronel Mauro Cid em seu acordo de colaboração premiada, o pai do militar entrou em campo na última semana para negar a citação de um general que ocupava o alto escalão do governo de Jair Bolsonaro.

Nos últimos dias, saíram informações de que Cid estava disposto a falar, nos próximos depoimentos, sobre o envolvimento de uma trinca de generais da reserva – Walter Braga Netto, ex-ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, ex-chefe da Secretaria de Governo, e Augusto Heleno, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional.

Pai do ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, o general Mauro Lourena Cid procurou pelo menos um colega de farda para negar essa intenção – o que gerou um clima de alívio. Em depoimentos que prestou, o próprio tenente-coronel afirma não ter o que tratar sobre o trio.

O veredito, porém, só será conhecido após os novos depoimentos do militar. Os investigadores querem saber principalmente se os generais palacianos incitaram, de alguma maneira, um movimento golpista após a derrota de Bolsonaro nas eleições de 2022.

Créditos: VEJA.



Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA