Lula vai se reunir com presidente de Cuba antes de seguir para conferência da ONU nos EUA

presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)vai se encontrar com o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, e participar da Cúpula do G77, grupo formado por 134 países, em agendas que vão ser realizadas na capital cubana, Havana. Depois, o petista segue para Nova York, nos Estados Unidos, onde vai comparecer à Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU).

Lula embarca para Havana nesta sexta-feira (15). Segundo fontes, o encontro entre o petista e o cubano deve ocorrer no sábado (16). Outra reunião bilateral do chefe do Executivo será com o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Qu Dongyu.

O presidente brasileiro também participa da Cúpula do G77 mais a China. O grupo, criado em 1964, reúne atualmente mais de 130 nações em desenvolvimento e, neste ano, está sob a presidência de Cuba.

Segundo a ONU, o Grupo dos 77 é a maior organização intergovernamental de países em desenvolvimento nas Nações Unidas. De acordo com a entidade, “o grupo fornece os meios para os países do Hemisfério Sul articularem e promoverem seus interesses econômicos coletivos e melhorarem sua capacidade de negociação conjunta em todas as principais questões econômicas internacionais dentro do sistema das Nações Unidas e promover a cooperação sul-sul para o desenvolvimento”.

Depois, Lula embarca para Nova York, nos EUA, para participar da Assembleia-Geral da ONU, marcada para ocorrer entre os dias 19 e 23 de setembro. Tradicionalmente, o Brasil é o primeiro a falar na agenda, que neste ano contará com um trabalho em conjunto do petista com o presidente norte-americano, Joe Biden, em torno de uma iniciativa em defesa do trabalho decente.

“O presidente Biden convidou o presidente Lula para, no marco da Assembleia-Geral da ONU, lançar uma iniciativa global de defesa da agenda do trabalho decente”, disse o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, em julho. “O Brasil tem a tradição de abrir a Assembleia-Geral da ONU, então o presidente Lula vai estar lá no discurso de abertura, e logo depois é o país anfitrião, os Estados Unidos. E o presidente Biden o convidou para fazer um evento logo após, adicional, que lança um compromisso global para uma agenda do trabalho decente”, acrescentou à época.

O trabalho decente faz parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, definidos pela ONU em 2015. Entre as ações propostas pela ONU estão, até 2030, alcançar o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todas as mulheres e os homens, inclusive para os jovens e pessoas com deficiência, e a remuneração igual para trabalho de igual valor.



Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA