Renato Aragão perde o direito de usar a marca “Didi” depois de 60 anos

Foto: Reprodução.

Aos 88 anos, o humorista Renato Aragão perdeu o direito de usar a marca “Didi” para o lançamento de produtos e serviços, depois de cerca de 60 anos de propriedade.

A marca acabou sendo adquirida pela empresa chinesa Beijing Didi Infinity. A mesma companhia também comprou a marca “Didizinho”, segundo informações do jornalista Ricardo Feltrin.

A questão despertou atenção, pois o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) avisa ao proprietário sobre a proximidade do vencimento alguns meses antes disso ocorrer.

Por isso, não se tem conhecimento ainda sobre o motivo que fez Renato Aragão não renovar a propriedade da marca.

Volta aos palcos em musical

Apesar da má notícia, o humorista tem outras razões para comemorar. Fora da televisão desde 2020, quando deixou a Globo, ele anunciou seu retorno aos palcos, em um musical baseado em sua trajetória.

A história vai mostrar a vida de Renato desde sua infância e adolescência no Ceará, passando pela mudança para o Rio de Janeiro, onde se tornou sucesso em todo país com seu personagem Didi, em “Os Trapalhões”.

Renato anunciou sua volta à vida artística em uma postagem no Instagram, onde está ao lado da esposa, Lilian Aragão.

A estreia do espetáculo ainda não tem data definida, mas a previsão é que seja lançado no primeiro semestre de 2024, no Rio de Janeiro. 

Lilian divulgou o nome do espetáculo: “O Adorável Trapalhão”. Ela revelou, ainda, que o musical será uma adaptação do filme de mesmo nome, lançado em 1967.

Revista Forum



Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA