Descongestionante nasal popular no Brasil foi considerado ineficaz nos EUA

Prateleira de farmácia

A exemplo do que ocorre nos EUA, dezenas de medicamentos com fenilefrina estão registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As marcas citadas são alguns dos exemplos mais populares de produtos farmacêuticos à disposição no Brasil, mas é possível encontrar o princípio ativo em diversos outros, como descrito em bulas e embalagens.

“Se você estiver com o nariz entupido e tomar esse remédio, ainda continuará com o nariz entupido”, complementou o farmacêutico Leslie Hendeles, da Universidade da Flórida, também nos EUA.

Getty Images

Mais de 250 produtos farmacêuticos vendidos nos EUA trazem fenilefrina na fórmula 

 

A reação

 

Assim que a decisão dos especialistas sobre a fenilefrina foi divulgada, a Associação de Produtos de Cuidados com a Saúde do Consumidor (CHPA), dos Estados Unidos, divulgou um posicionamento.

“A fenilefrina oral é considerada um descongestionante nasal que traz benefícios às famílias americanas há décadas, e a FDA concluiu diversas vezes que o produto é seguro e eficaz”, diz o texto. 

O CHPA pede que o painel da agência reconheça “os benefícios do princípio ativo e seu papel na saúde pública”.

O órgão ainda alerta para as “consequências indesejadas associadas à remoção da fenilefrina oral da lista de medicamentos isentos de prescrição”.

“Em vez de recorrer a este medicamento, os consumidores precisariam encontrar tempo para procurar ajuda de um farmacêutico, um médico ou uma clínica para obter um descongestionante oral. Além disso, alguns consumidores indicam que podem atrasar ou renunciar ao tratamento, o que pode levar a piores resultados clínicos, como progressão para sinusite aguda e aumento da procura de consultas médicas e clínicas ao longo do tempo”, aponta a entidade.

O CHPA lembra que a segunda opção terapêutica para desentupir o nariz é a pseudoefedrina, que nos EUA tem a venda mais controlada, com necessidade de mostrar documentos de identificação na hora da compra na farmácia — isso porque essa substância é usada na fabricação da metanfetamina, uma droga clandestina.

No Brasil a pseudoefedrina aparece em algumas formulações, também vendidas sob prescrição médica.

A BBC News Brasil procurou as entidades representativas do setor e as farmacêuticas detentoras de produtos que trazem a fenilefrina para que elas pudessem contribuir neste debate. 

Em nota, a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para o Autocuidado em Saúde (Acessa), afirmou que “está atenta à recente discussão e revisão da eficácia da fenilefrina oral”. 

“A Acessa destaca a importância da segurança do consumidor e reafirma que os medicamentos isentos de prescrição (MIPs) contendo fenilefrina, amplamente utilizados para o alívio de sintomas da gripe e resfriado comuns, como febre, dor, coriza e congestão nasal, tiveram sua segurança comprovada pela Anvisa e continuam disponíveis no mercado brasileiro.”

“Continuaremos a monitorar de perto esta situação em evolução e a colaborar com a Anvisa para garantir que as melhores decisões sejam tomadas em prol da saúde e do bem-estar dos consumidores”, diz o texto. 

“Como ainda não há uma decisão sobre o tema, à medida que mais informações forem disponibilizadas pela FDA e outras agências reguladoras, estaremos preparados para avaliar de forma proativa e apropriada, fornecendo orientações claras e precisas aos consumidores sobre o uso seguro e eficaz de produtos de autocuidado”, finaliza a associação. 

A Hypera Pharma (fabricante do Benegrip) remeteu por e-mail o mesmo texto enviado pela Acessa. 

Hertz Farma (Resfenol), Cimed (Cimegripe) e Reckit Benckiser Brasil (Naldecon) não enviaram respostas.

A Aché, responsável por Decongex, afirmou que não participaria da reportagem.

Mulher apertando spray nasal

Getty Images

Sprays aplicados diretamente no nariz podem ajudar a desentupir o nariz

 

O que fazer?

 

Como mencionado anteriormente, a conclusão do painel da FDA não significa que o medicamento será retirado imediatamente das prateleiras das farmácias. 

A agência ainda precisará bater o martelo sobre a questão, o que pode demorar meses.

Também não há qualquer perspectiva de que um eventual banimento ocorra no Brasil, segundo o que foi divulgado pelos órgãos sanitários do país até o momento.

Os especialistas disseram que a fenilefrina oral é inefetiva, mas ela não traz danos e não está relacionada a efeitos colaterais dignos de nota se tomada segundo a orientação dos fabricantes. 

Além disso, a presença de outros princípios ativos no mesmo comprimido ou cápsula ajuda a tratar outros sintomas que costumeiramente vêm junto do nariz entupido, como dor e febre.

Além das soluções farmacológicas, as instituições de saúde também indicam algumas outras intervenções que podem ajudar a desentupir o nariz.

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês) orienta queas pessoas com congestão nasal façam repouso, bebam bastante água, não fumem, evitem substâncias que engatilham quadros alérgicos e limpem as narinas com regularidade.

Lavar o nariz com soluções de soro fisiológico, aliás, é uma orientação de rotina dos médicos.

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai) explica que, especialmente quando o tempo está frio e seco, o ar pode passar pelo sistema respiratório com temperatura e umidade abaixo do adequado.

Com isso, as vias aéreas acabam prejudicadas e mais propensas a crises de alergia. Ao umidificar o nariz com uma solução salina, é possível manter um ambiente mais “amigável” para que a respiração ocorra sem entupimentos pelo caminho.

De acordo com a associação, a higienização rotineira melhora os sintomas de congestão ao “retirar alérgenos, umidificar o local e diminuir a viscosidade do muco”.

A entidade reforça que essa “faxina” de rotina deve ser feita apenas com solução salina: alguns sprays nasais contêm corticoides, fármacos que devem ser usados por poucos dias e apenas depois de uma avaliação médica.



Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA