Brasileiro foragido nos EUA está com rifle e é visto por moradores

O  brasileiro considerado foragido nos Estados Unidos após ser condenado à prisão perpétua foi visto moradores da Pensilvânia na noite dessa segunda-feira (11). Segundo jornais norte-americanos, as autoridades disseram que ele está armado com um rifle.

 

Um cerco foi montado na região atrás de Danilo Cavalcante,  condenado por matar a ex-namorada Débora Evangelista Brandão em abril de 2021, na cidade de Phoenixville. Ele foi preso, mas conseguiu fugir da cadeia no último 31 de agosto e, desde então, a polícia faz buscas por ele.

 

Danilo teria sido avistado por moradores em um local que fica a cerca de 32 quilômetros da prisão de onde ele escapou, informou a CNN . Os relatos, de acordo com a rede CBS , foram feitos por volta das 23h (meia-noite desta terça-feira (12) em Brasília).

 

Moradores também relataram ter ouvido som de tiros, segundo a imprensa local. Uma testemunha disse que Danilo roubou uma arma durante um confronto.

A expectativa da polícia é que Danilo seja capturado nas próximas horas, informaram os jornais norte-americanos. Autoridades pediram que moradores procurem abrigos seguros e acionem o serviço de emergência caso tenham informações sobre o acusado.

 

“Os residentes da área são solicitados a trancar todas as portas e janelas, proteger os veículos e permanecer em casa. Não se aproxime”, afirmaram as autoridades nas redes sociais.

 

As autoridades da Pensilvânia aumentaram a recompensa para quem tiver informações sobre o fugitivo. Nesta segunda, o valor passou de US$ 10 mil para US$ 25 mil (cerca de R$ 123 mil).

 

 

 

O nome de Danilo também foi incluído na lista de procurados da Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal.

 

Escolas e um ponto turístico chegaram a ser fechados devido às buscas pelo acusado. Por questões de segurança, moradores também foram alertados a não sair de casa.

 

No último domingo (10), a irmã de Danilo foi presa na alfândega do país. Ela mora nos Estados Unidos, mas deve ser deportada. O tenente-coronel George Bivens confirmou a prisão dela, mas não deu maiores detalhes sobre as motivações, dizendo apenas que as autoridades estão tomando “medidas para tentar minimizar ou eliminar” qualquer ajuda que o preso possa receber.



Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA