Alexandre de Moraes nega acesso ao depoimento de Mauro Cid para a defesa de Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, negou para a defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) o acesso ao depoimento do ex-ajudante de ordens, tenente-coronel Mauro Cid, à Polícia Federal (PF).

O depoimento é sobre o inquérito que apura a suposta venda de joias recebidas por comitivas do Governo Bolsonaro durante viagens oficiais.

O acesso da defesa ao depoimento foi negado por causa do acordo de delação premiada celebrado pelo tenente-coronel com a PF e homologado por Moraes no último sábado (09).

Moraes apenas liberou à defesa o acesso aos depoimentos prestados pelo general Mauro Lourena Cid, Osmar Crivelatti e Frederick Wassef. 

Gazeta Brasil 



Fontes – Link Original

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA