Farra da China: Sindicatos vão à China com Lula, mas ninguém sabe quem paga a conta

Omissão de Lula sobre invasões do MST preocupa e amplia crise com bancada do agro




Foto: Ricardo Stuckert

Representantes das centrais sindicais vão fazer parte da comitiva que acompanha o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à China, mas não há informações de quem vai pagar a conta.

“Não sei. Isso está sendo resolvido pela minha secretária junto com o governo. Melhor você perguntar para o governo”, disse Sérgio Nobre, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), à CNN ao ser questionado sobre os custos da viagem.

A reportagem procurou o Itamaraty pedindo informações. O ministério de Relações Exteriores informou que esses detalhes não passam pela pasta. O Planalto ainda não respondeu.

Também acompanham Lula diversos empresários de diferentes setores, mas cada um vai pagar pelas suas despesas. Só do agronegócio são 102 representantes

As centrais solicitaram ao governo que participassem da missão. Segundo Nobre, os investimentos chineses “são muito bem-vindos”, mas é preciso passar o recado de que é preciso respeitar as legislações trabalhista e ambiental. “Vamos lá para deixar claro que aqui tem sindicato”, afirmou.

A China é conhecida pelo baixo custo da mão de obra e por regras ambientais e trabalhistas mais frouxas.

CNN

Leia também:

Fonte Terra

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA