Tasso Jereissati, que apoiou Lula, se arrepende: “Acho que levamos ‘fumo’, ele não é Mandela”

Tasso Jereissati, que apoiou Lula, se arrepende: “Acho que levamos ‘fumo’, ele não é Mandela”




Foto: Senado

O ex-senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), que “fez o L” no segundo turno da eleição, está arrependido e assustado com o presidente Lula. “Estou muito surpreso”, disse Jereissati, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, publicada nesta segunda-feira, 6. “Eu não esperava que o Lula e sua equipe viessem nessa linha radical de política econômica. Não é radical só pelo fato de ser de esquerda, que tem propostas boas, mas pelas ideias ultrapassadas.”

Tasso Jereissati classificou o embate de Lula com o Banco Central como “desnecessário”. O grão-tucano observou que os ataques são prejudiciais à economia.

“Por outro lado, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, traz alguma moderação”, ponderou Jereissati. “Mas o conjunto traz uma linha agressiva, que volta atrás em conquistas de outros governos, do Michel Temer e até do Lula.”

Segundo o grão-tucano, ele esperava que o governo Lula governasse com a “frente ampla” que ajudou a eleger o petista. Hoje, contudo, Tasso Jereissati vê que isso não será possível.

Interpelado sobre o papel do PSDB, Jereissati defende a ideia segundo a qual o partido tem de estar na “oposição”. “Nossa expectativa não é ocupar o campo do Bolsonaro, mas do centro”, disse. “Não temos afinidade com o bolsonarismo radical (…) Esse espaço do centro estava muito enxertado pelo antipetismo. Nossa expectativa é ocupar a centro-direita e a centro-esquerda.”

Revista Oeste

Leia também:

Fonte Terra

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA