Preso na Europa, brasileiro explica origem de carne humana em sua mala

Preso na Europa, brasileiro explica origem de carne humana em sua mala




Foto: Reprodução

Um brasileiro foi preso no aeroporto de Lisboa, em Portugal, após ser flagrado com carne humana. Begoleã Mendes Fernandes, de 25 anos, alega que o material era uma prova de um crime que não cometeu. Ele confessou ter matado um amigo a facadas na Holanda, alegando legítima defesa, pois o homem teria dito que era canibal e que o mataria para comê-lo.

A vítima, Alan Lopes, também brasileiro, era açougueiro e morava em Amsterdã há alguns anos. Segundo áudios gravados para a família, Begoleã acusou Alan de matar pessoas e levá-las para o açougue. Em um jantar em sua casa, Alan teria oferecido carne humana a Begoleã e ameaçado matá-lo.

Após o assassinato, Begoleã recolheu a carne oferecida pela vítima como prova e viajou para o Brasil, mas foi detido durante uma conexão em Portugal. A polícia holandesa confirmou que a carne apreendida é de origem humana, mas não pertence a Alan Lopes.

Carla Pimentel, mãe de Begoleã, confirmou a versão apresentada pelo filho e disse ter aconselhado-o a fugir para o Brasil. Tanto o Itamaraty quanto a Embaixada dos Países Baixos em Brasília não se pronunciaram sobre o caso.

Leia também:

Fonte Terra

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA