Pacheco condiciona instalação de CPI do 8 de janeiro a atualização de assinaturas 

Pacheco condiciona instalação de CPI do 8 de janeiro a atualização de assinaturas 




Em janeiro, Soraya Thronicke conseguiu obter 40 apoios para a investigação. Entretanto, o documento foi protocolado na legislatura anterior

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou hoje a líderes partidários que vai esperar a atualização das assinaturas coletadas pela senadora Soraya Thronicke (União-MG) para autorizar os trabalhos da CPI dos Atos Antidemocráticos. Em janeiro, a parlamentar conseguiu obter 40 apoios para a investigação. Entretanto, o documento foi protocolado na legislatura anterior. Pelo entendimento de Pacheco, o protocolo da CPI é válido, mas a senadora precisa atualizar os apoios até o momento registrados.

A parlamentar, por sua vez, discorda da interpretação do presidente do Senado. Para ela, com base no art. 132 do regimento interno da Casa, seria possível se reaproveitar as assinaturas já inseridas no sistema do Senado.

“A Comissão Parlamentar de Inquérito foi requerida na legislatura passada, com assinaturas suficientes e fato determinado. Agora, temos que consultar aqueles senadores que assinaram a CPI sobre a manutenção e a ratificação dessas assinaturas, porque houve uma mudança de legislatura. Havendo essa ratificação será feita a leitura do requerimento no plenário”, disse Rodrigo Pacheco, hoje em entrevista coletiva.

O Antagonista

Leia também:

Fonte Terra

5/5

Compartilhe nas suas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

Parceiros TV Florida

TV Florida USA – A sua TV Brasileira nos Estados Unidos

Registre-se

Registre-se para receber atualizações e conteúdo exclusivo para assinantes

Entretenimento

Noticias Recentes

@2023 TV FLORIDA USA